BLOG

SALVAMENTO DE TARTARUGAS

A tartaruga de couro, ou gingante (Dermochelys Coriacea) é um dos seres mais belos do planeta e, infelizmente, é atualmente uma das mais ameaçadas de extinção ! É a espécie que cresce mais rapidamente, em pouco tempo são animais enormes, chegando a pesar quase 900kgs e medir quase 2m quando adultas !

 

 

 

Nesta fase adulta, apenas grandes tubarões e baleias orca conseguem predá-las. Como defesa, utilizam sua grande velocidade e mobilidade para se livrarem dos predadores,além da capicidade de mergulho impressionante. Elas mergulham tão fundo quanto as grande baleias, em profundidades maiores que as de seus predadores.

 

No verão, aqui no sul, somos privilegiados por poder tê-las conosco, além de nossas nobres visitantes baleias Franca, as baleias Mink, leões marinhos,focas...durante o inverno. Mas o homem consegue atacá-la na superficie, com enormes espinhéis no oceâno... Elas se enroscam feio nestas linhas sem fim , outras ficam fisgadas pelos grandes anzóis e muitas acabam morrendo… Já vi algumas em apuros.  

 

Tem gente que nem sabe que existe este tipo de tartaruga... mesmo vendo-a, é dificil de acreditar que um animal destes exista, seja pelo tamanho, seja pelo beleza e características tão especias deste ser marinho. Outros sequer imaginam que estes animais visitem o sul do país...

 

Por isto levantamos a bandeira de projetos como : Tamar,  projeto Baleia Franca (do qual sou madrinha) e o Meros do Brasil, com o papel de disseminar informação e educar a sociedade além de outros trabalhos mais específicos como o recente monitoramento que permitirá medidas de prevenção mais eficazes no futuro. "Joca", assim conhecido, pertence ao Projeto Tamar no ES, onde estão trabalhando, com a ajuda de mestres, pescadores e armadores, para tentar amenizar o impacto das pescarias nas tartarugas marinhas, principalmente do Espirito Santo até o sul do Atlântico onde se concentram os maiores índices de capturas de tartarugas marinhas na pesca oceânica, sobretudo a pescaria com espinhél pelágico para atuns, meca, dourado e tubarões.

 

Recentemente foram instalados mais 03 transmissores KiwiSat 101(com capacidade para funcionar por até 450 dias) em fêmeas da espécie Dermochelys coriacea, podendo ser acompanhado no site http://www.tamar.org.br/satelite.asp, alem de outras 15 tartarugas de pente.

 

Informações importantes sobre os maiores perigos para a sobrevivência da espécie: Impactos antrópicos causados principalmente por: 

 

1) uso direto destes animais e seus ovos, 

2) perda de habitat de desova e alimentação, 

3) interações com a pesca incidental, 

4) poluição marinha (derramamento de óleo, o quepode causar doenças, e ingestão de detritos plásticos, confundidos com o principal alimento desta espécie, as aguas vivas) 

 

Predadores naturais, podem ser diversos: 

 

Nas praias de desova: Aves, raposas, martas, quaxinins, quatis e outros animais que se alimentam dos filhotes a caminho do mar. Neste caso a defesa é a grande quantidade de ovos desovados por cada fêmea, gerando um alto número de filhotes. Esta estratégia auxilia na sobrevivencia, pois desta forma, quando os filhotes saem juntos do ninho, pelo menos alguns conseguem passar pelos predadores, enquanto os mais "lentos" são predados. Por sorte, os filhotes nascem quase sempre a noite, e possuem uma colaração preta, o que dificulta a sua visualização por parte dos predadores. 

 

Na água: Várias espécies de peixes. Enquanto filhotes as tartarugas-de-couro podem ser predadas por uma infinidade de animais, para se defender os filhotes nadam para longe da costa, e buscam abrigo em bolsões de sargasso (algas flutuantes).

 

 A carne desta tartaruga, assim como as tartarugas-de-pente, possui uma toxina (chelonitoxin) que pode causar: nausea, vomito, diareia, sensação de queimadura nos lábios, lingua e boca, "aperto" no peito, dificuldade de engolir, hiper salivação, mal hálito, rachaduras na pele, coma e morte; esta estrategia de defesa tambem é usada pelas tartarugas-de-couro. 

 É impressionante a forma com que respiram, poucas vezes na superficie, para partirem para grandes profundidades ! 

 

Gostaria de ser uma delas …

 

Agradecimentos à colaboração especial de:Luciano Soares Assessor da Coordenação Técnica NacionalProjeto Tamar-Ibama Guy Marcovaldi / Gilberto Sales - TAMAR Brasil.

 

 

Please reload

DESTAQUE

Na minha roda...

August 21, 2019

1/10
Please reload

+ RECENTES

August 21, 2019

August 29, 2018

Please reload

ASSUNTOS